29 de setembro de 2011

Agenda puxada


Quarta e quinta-feira foram dias muito cheios e me virei em mil e uma Mônica para dar conta de tudo que tinha para fazer.
Tive reuniões de trabalho e eventos que havia prometido comparecer.
Os locais desses compromissos eram distantes uns dos outros, e  o trânsito que agora não tem mais hora para congestionamentos, estava intenso.
Cheguei em casa tarde da noite, algo raro na minha rotina.
Gosto de dormir cedo!
Sempre cuido muito para isso não acontecer, pois tenho conhecimento dos benefícios que o sono traz para a saúde. Então, priorizo as minhas seis horas de descanso. Elas têm o poder de me “restaurar” por completo. Tem vezes, porém, que isso se torna impossível e foi o que aconteceu nesta ultima quarta- feira. Inclusive, ainda não consegui postar no blog as fotos do aniversário da minha mãe que foi lindo.
Como foram muitos acontecimentos nesses últimos dias e tem mais nos próximos, prometo atualizar o blog com umas postagens bem legais.

27 de setembro de 2011

Pedido atendido!

Tem coisas que acontecem na vida da gente que são muito curiosas e que dá uma vontade danada de compartilhar com os outros, como por exemplo, o telefonema que recebi do Glênio na semana passada – ele é um funcionário antigo do Partido Progressista que faz de tudo um pouco e perfeito, sempre pronto para fazer ainda mais. Ele é um fiel escudeiro do PP e acho que aí já se vão mais de vinte anos. É uma pessoa que prezo demais por sua dedicação e fidelidade "canina". Aprecio seu sentimento de gratidão ao Celso Bernardi, que foi quem o trouxe para o partido. O mais legal é que ele demonstra isso de maneira simples, na prática do dia a dia, o que vem a ser valiosíssimo, pois preocupa-se com tudo que diz respeito ao Celso.
Hoje, posso dizer que conheço esse funcionário de ouro só pelo tom da voz.

Confiram o tal telefonema que me refiro:

Glênio: Bom dia, Mônica!
Eu: Oi, Glênio, tudo bem contigo?
Glênio: Mais ou menos.
Eu: Como assim?
Glênio: É que tenho um problema para resolver.
Eu: Ah, sei, e pelo jeito eu tenho a solução!
Glênio: Sim, é isso mesmo!.
Eu: Então, fala e se eu puder, vou ajudar.
Glênio: Na sexta-feira à noite, terá uma importante festa em Montenegro com 152 filiações e o presidente não pode ir, porque vai cumprir roteiro pelo interior com a senadora Ana Amélia.
Eu: E não tem ninguém para substituí-lo?
Glênio: É que a Lia Selig escolheu a pessoa...
Eu: Ah, e aí que essa pessoa sou eu?
Glênio: Acertou em cheio!
Eu: Entendi!
Glênio: O Celso vai te ligar.
Eu: Minha nossa, eu combinei de ir com a minha família na sexta à noitinha para Gramado, porque sábado é o  almoço de aniversário da minha mãe!
Glênio: E agora?
Eu: Agora que eu preciso de umas horas para buscar a solução. Me liga amanhã.
Glênio: Eu sabia que tu resolveria.

No outro dia, quando falei com o Celso, eu pude tranqüilizá-lo de que iria, pois já havia falado com a minha família, que entendeu a importância do evento em Montenegro.Eles foram antes e eu, depois, claro que dentro do tempo certo para participar das comemorações. Essa semana, eu prometo postar as fotos em Gramado.
Sobre Montenegro, foi muito bom voltar aquela terra onde sempre  fui tão bem recebida em minhas visitas e onde conheci tanta gente querida.
A Lia é a nossa presidente de honra e eu a adoro. Ela é tipo uma “Anja da Guarda” da minha vida política. Sempre me incentiva, defende e se preciso for, briga por mim. É muito amiga do meu pai e acho que esse sentimento por ela herdei do coronel. Não conheço nenhuma liderança tão poderosa e ao mesmo tempo tão amada como a Lia. Então, não haveria a menor possibilidade de não atender ao seu pedido, sem contar que nas minhas andanças de candidata ao Senado Federal, eu criei vínculos com o povo de Montenegro que depois foram reforçados quando Secretária da Cultura ao priorizar o patrimônio cultural local, apoiando a restauração da antiga  Estação Férrea que hoje é a Estação Cultura. Fiquei muito feliz com a bela acolhida que recebi naquela cidade.
As manifestações do presidente do PP, Agenor Rigon e do vereador e pré-candidato a prefeito, Marcelo Cardona, foram de emocionar. Eles falaram que Montenegro me considera sua filha. Vivenciei situações grandiosas no evento e por mais que tentasse descrevê-las, sei que não conseguiria dar a devida dimensão.
O que vale é que ficarão guardadas no meu coração de maneira muito especial e para sempre.
Reencontrei amigos, conheci muita gente querida, tirei fotografias com pessoas que queriam guardar de lembrança o meu retorno à cidade. Não anotei os nomes dessas pessoas, deveria tê-lo feito, mas acho que não daria conta, pois, para minha alegria, foram muitas.
Quando cheguei em casa, tarde da noite, coloquei a mão nos bolsos do casaco de capuz que vestia e puxei alguns guardanapos com escritos e aí lembrei que o casal Iolanda e Osmar Hermes quando foram até a minha mesa para apresentaram-se, entregaram essas anotações. Ela disse que o marido acompanhava todos os meus passos na política. Também o senhor Matana, que contou que era meu fiel ouvinte no programa Pampa Bom Dia. Ele fez questão de dizer que não gostou que eu saí do rádio.
Gostei muito de conhecer a Jordana Cristiele, uma jovem progressista estudante de Direito. Inclusive fiquei de voltar a falar com ela sobre política, pois deu para perceber que seria uma excelente candidata à vereadora nas próximas eleições.   
Teve também uns lances muito engraçados nesse jantar. Não é que lá pelas tantas um senhor se aproximou da minha mesa e falou: “já escutei muito político falar e olha que minha quilometragem é antiga, mas nunca ninguém tão entusiasmado como a senhora”.
Um rapaz com máquina fotográfica na mão e mostrando a foto que havia tirado de mim, se aproximou muito sério e disse: "queria lhe pedir para vestir vermelho que é uma cor que ilumina”.
O jantar estava delicioso! Só não comi a sobremesa, que era uma torta linda.
Faço questão de registar que fomos conduzidos - o Glênio me acompanhou - até Montenegro pelo Gelson, que trabalha no PP e foi nosso motorista, dirigindo super bem numa noite que chovia demais.
Gostei de ter recebido e atendido essa convocação da Lia Selig.
Voltei com a certeza de que o PP de Montenegro está unido, forte e organizado para vencer.

 Crédito das fotografias: Gerson Kauer

Progressistas chegando no salão do evento que estava lindo

Com Marcelo Cardona e Matana
Pronunciamento do pré-candidato a prefeito, Marcelo Cardona


Lia Selig, Agenor Rigon, Marcelo Cardona, eu e Therezinha Cardona

Fiquei muito feliz pela afetuosa acolhida que recebi

26 de setembro de 2011

A melhor entrevista do ano!

A Senadora Ana Amélia Lemos foi entrevistada por Ruy Gessinger. Está no blog dele e eu reproduzo. 

 

 

EXCLUSIVO ! ANA AMÉLIA ABRE O JOGO !

 A Senadora Ana Amélia concedeu exclusiva entrevista a este Blog.



1. COMO VÊ ESSES PRIMEIROS MESES DO GOVERNO TARSO ?

O governo Tarso Genro embora tenha se comprometido com o exercicio "republicano" do poder,tem esquecido de respeitar  esse principio. Ou,então,é lento demais. Os prefeitos demoram até dois meses para serem recebidos,por secretários de Estado. O prefeito de Soledade espera,faz tres meses,por uma audiência solicitada ao Palácio Piratini. Se não é discriminação com partidos de oposição,a demora pode ter outro nome. Uma coisa me intriga,também. Acho positiva a iniciativa do governador em buscar,na Coreia do Sul ou outros paises onde existe capital e tecnologia,aporte de investimentos,para o RS. Porém as nossas empresas estão indo embora atraidas por incentivos fiscais do nordeste. É o caso dos calçados,por exemplo. Industrias de máquinas agricolas poderão  se transferir,pelo mesmo motivo,para a Argentina,onde o ambiente para os empreendedores é mais favorável.Não seria mais coerente apoiar as nossas indústrias? Uma empresa do interior  espera,faz dois anos,para se habilitar ao  Fundopem. A cada visita a Porto Alegre,o empresário é surpreendido com pedido de mais documentos..O Estado precisa,também,que o governador lidere um movimento para obter o apoio político da bancada ( estarei à disposição,no Senado, com Pedro Simon e Paulo Paim ) para evitar os pesados cortes nas obras do PAC,prejuizos com a redução do FPE em projeto que tramita no Senado. A Comissão Mista do Congresso para a Copa  que esteve em Porto Alegre ficou preocupada com as péssimas condições do Aeroporto Salgado Filho. A não inclusão do carvão mineral no leilão A-5 é outro tema relevante para a economia gaúcha.

2. E O PREFEITO FORTUNATTI  ?
O prefeito José Fortunati , comete  equivoco criando  secretarias para acomodar interesses. Também não está cuidando adequadamente dos partidos que poderão lhe ajudar na reeleição. A situaçao eleitoral dele,hoje,é melhor na busca da reeleição.Penso,no entanto, que o eleitor está querendo novidade e nesse caso a candidatura Manuela desponta com boas chances. Nessa disputa  é preciso saber o que fará o PT na eleição, na capital gaúcha.

3. E A COPA DO MUNDO NO BRASIL ?
A Copa do Mundo é um evento importante e projeta o país. Mas não podemos aceitar,em nome desse projeto, que prioridades sociais,como a saúde,sejam marginalizadas.Está faltando dosagem para esses investimentos. No caso de Brasilia a saude pública está caótica e o governo local está tocando a todo vapor a construção do ´novo estadio com investimento de 800 milhões de reais quando faltam leitos e até reagentes para exames de urina,no maior hospital de Brasilia, o Hospital de Base que ficou conhecido quando Tancredo Neves ali se internou.


4. ANA AMÉLIA VAI ENCARAR UMA CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO?
Estou com sete meses de mandato. Seria uma irresponsabilidade minha falar em 2014,neste momento. O foco nosso é aumentar o numero de filiados e preparar uma boa lista de candidatos à eleições de 2012. Nenhum partido pode estabelecer estratégias de longo prazo se não investir,na plataforma de médio prazo que é o pleito do proximo ano.Pretendemos fechar a campanha das filiações com pelo menos 10 mil novos filiados. Esse é o nosso foco.


5. E SUAS RECENTES MOVIMENTAÇÕES POLÍTICAS  ?
Tenho  prioridades.Uma delas é Lagoa Vermelha. A filiação de Moacir Volpato assegura ao PP a chance de voltar ao poder,na minha cidade, depois de muito tempo. A outra é Porto Alegre. Temos enorme interesse nesse colégio eleitoral onde obtive mais de 400 mil votos,em 2010. Irei participar ativamente da campanha na nossa capital. Temos nomes maravilhosos como o nosso João Dibb,o Newton Braga Rosa que comanda o InovaPOA,o Kevin Krieger, o Nedel e gostaria muito que a nossa musa Monica Leal que fez um bonito trabalho na Secretaria de Cultura possa disputar uma vaga na Câmara ou mesmo compor a chapa para a  Prefeitura.

6. E A RECENTE FILIAÇÃO DA EMPRESÁRIA CARMEN FLORES ?
Fiquei muito feliz com a filiação da Carmen Flores que é uma empreendedora,uma comunicadora e encarna o perfil de candidata ideal para nosso partido. Já convidei-a para ser candidata,em 2012. Mas tenho de respeitar a decisão dela sobre o nosso convite. Tenho,também,convicção que o PP terá um bom protagonismo na sucessao municipal,não apenas em Porto Alegre,mas temos condições de continuar sendo o partido com maior numero de vereadores,vice prefeitos e prefeitos. Nesse particular estamos contando com a dedicação, a competência e o talento do Celso Bernardi a quem apoio à presidir o Diretorio Regional,nas eleições,em outubro. Ele que fez a grande organização do PP agora está dando ainda mais musculatura ao nosso partido.

http://ruygessinger.blogspot.com/

24 de setembro de 2011

Força feminina reunida pela boa política




Na sexta-feira, eu participei de um café da manhã com a Senadora Ana Amélia Lemos no Grande Hotel, no centro da capital. Estiveram presentes a deputada Silvana Covatti, as presidentes do Movimento da Mulher Progressista do Estado do Rio Grande do Sul e da cidade de Porto Alegre, Ana Regina Gorski e Márcia Kriger, o vereador Nedel, o ex- governador Jair Soares e a empresária Carmem Flores.
A reunião de lideranças progressistas aconteceu para selar a entrada da Carmem no partido. Foi um momento muito bonito, que mexeu com meu coração, porque a Carmem ao falar, fez uma retrospectiva da sua vida e registrou de forma muito especial a nossa amizade, que é forte e antiga, a admiração que tem pelo Jair Soares, pela Ana Amélia Lemos e o seu desejo de ajudar o país com a boa política.
É de gente assim que precisamos!
Feito isso, a conversa seguiu animada e girou em torno da vida familiar e profissional dessas mulheres que se viram com maestria, administram tudo com equilíbrio, que são felizes e, por conseqüência natural, fazem os outros felizes.Conversei com o Mano, irmão da Carmem, e a filha dela. Falamos sobre a disciplina militar, pois ele faz parte da família verde oliva. Os dois são o braço direito e esquerdo da Carmem no comando das lojas.
A Ana Amélia e eu colocamos os assuntos em dia, tanto da política como da comunicação e também relembramos das nossas andanças pelo Rio Grande na época das campanhas.
A Silvana contou do seu trabalho na Assembléia e a Ana do Congresso Nacional de Mulheres Progressistas, que ocorre em Florianópolis nesse fim de semana.
Nos bastidores, registrando cada detalhe com perfeição, estava a competente e querida jornalista Solange Fortuna.

Em tempo: Estou em Gramado

23 de setembro de 2011

Visita à Câmara Municipal


Com o vereador João Antônio Dib, meu querido amigo. 


O jornalista Flávio Pereira, nesta última quarta-feira, registrou na sua coluna do Jornal O Sul a seguinte nota:

A pressão sobre Mônica Leal
Na ultima terça-feira, a ex-secretária da Cultura Mônica Leal sentiu de perto a pressão para trocar o Partido Progressista por outra sigla. Durante a homenagem ao Jornal o Sul , no plenário da Câmara, Mônica foi procurada por líderes de pelo menos três partidos, pedindo que ela examine a possibilidade de filiar-se e concorrer em 2012.

Como a coluna do Flávio é super lida, claro que recebi muitas ligações, e-mails, e, por onde andei, também as pessoas me perguntaram sobre o ocorrido. Então, dentro das minhas possibilidades no que se refere a ter tempo, respondi a todos, mas penso que vale também falar disso aqui no blog, afinal vocês fazem parte da minha vida e merecem uma explicação.

Fazia muito tempo que eu não comparecia a uma sessão plenária na Câmara Municipal de Porto Alegre. Estive lá para prestigiar os 10 anos do Jornal O Sul. Ao entrar no plenário que frequentei por muitos anos da minha vida política, primeiro como funcionária e depois como vereadora, fui carinhosamente recebida por todos os vereadores e funcionários daquela casa, desde os porteiros, seguranças, taquígrafas, assessores. Gosto muito desse pessoal, e o que é melhor, sinto que eles gostam de mim simplesmente por gostar, sem interesse nenhum. Foi um belo convívio de 14 anos.
Só para vocês terem uma idéia de como é forte o vínculo que tenho com a Câmara Municipal de Porto Alegre, nunca mudei a minha agência bancária, que fica lá e onde tenho conta desde 1992. Mesmo quando fui Secretária de Estado, que poderia ter transferido para uma agência mais perto, por comodidade, eu não quis, pois, assim, me obrigava a ir na Câmara de Vereadores, lugar de onde sou oriunda e onde fui tão feliz, também para encontrar as pessoas que eu quero tão bem.
Voltando à tarde em que estive no plenário: sentei-me ao lado do vereador Dib, na cadeira que meu pai ocupou quando vereador e que depois eu ocupei. Muitas pessoas vieram me abraçar, dizer que sentiam a minha falta e que estavam me esperando no ano que vem. Outras pessoas falaram que sempre lembram de mim ao olhar a minha foto na galeria de vereadoras, que fica na entrada do plenário Otávio Rocha. Foram muitas as manifestações afetuosas, que tocaram meu coração de maneira especial.
Quanto a sondagem para que eu troque de partido, ela existe de uma forma respeitosa toda a vez que líderes de importantes siglas fazem questão de expressar o desejo de contar com meu nome em suas nominatas nas próximas eleições. Para quem, como eu, tem o Rio Grande como a sua causa maior, os convites e até mesmo as "pressões", são motivo de um imenso orgulho.

 

Em tempo: A fotografia é de Tonico Alvares.Eu tive a honra de ser clicada pela lente desse famoso fotógrafo que é autor de várias exposições sobre suas viagens pelo mundo.

22 de setembro de 2011

AirWire - uma empresa de sucesso

Fiquei imensamente feliz ao ler a matéria na editoria de Negócios do Jornal NH de hoje, que referiu a empresa AirWire como contratada para trazer soluções ao projeto do Aeromóvel  de Porto Alegre:  para mim, não poderia estar em melhores mãos, pois conheço a seriedade e competência do empresário Armando Gessinger.

20 de setembro de 2011

Contratempo

Agora, eu vou contar  algo que me aconteceu no final de semana e inclusive me tirou de cena até para escrever textos para o blog.
Tive um torcicolo!
Até aí tudo bem, porque já tive vários, motivo que me obrigou a fazer  uma cirurgia e colocar aparelho nos dentes, que tirei no inicio deste ano. 
Daí em diante nunca mais havia sentido um torcicolo.
Mas esse me derrubou por completo!
Foi na manhã de sábado que acordei com uma dor cavalar e não conseguia mexer o pescoço.
O pior é que tinha aula das 9h às 12h. Estou fazendo um curso na área da comunicação.
Como eu só admito faltar  um compromisso previamente agendado se estiver na UTI, nem pensei em não ir.
Então, estava aí o meu primeiro problema do dia: o pessoal aqui de casa ficou indignado comigo.
Só que eu precisava que alguém me levasse, pois não tinha condições de dirigir, o que me fez  comprar uma parada dura. Resultado que, lá pelas tantas, anunciei que iria de táxi.
Depois deles se darem por vencidos, fui gentilmente conduzida até a sede do meu curso.
Certa de que agüentaria ás três horas de aula, estava medicada, confesso que me enganei redondamente.
Fiquei duas horas e foram as mais longas horas que passei sentada numa cadeira, aguentei o que pude, mas precisava levantar e sair dali.
Foi o que fiz, cheguei na frente da professora e expliquei a minha situação e ela, muito querida disse: “claro, vai para casa que torcicolo requer repouso”.
Para evitar escutar o “sermão da montanha”, diga-se de passagem, coberto de razão, eu resolvi voltar de táxi e foi uma grande idéia, pois não tinha ninguém em casa e subi direto para o meu quarto, onde passei descansando a maior parte do dia, só saindo a tardinha para a festa de aniversário da Martina.
No domingo acordei sem o terrível torcicolo.
Fiquei super bem e com muita vontade de caminhar até o Parcão.
Prevendo que enfrentaria resistência da  “polícia familiar”,  esperei para fazer  isso na parte da tarde, que aí tive tempo suficiente para mostrar que estava em plenas condições.

18 de setembro de 2011

Martina, 2 aninhos



Para mim, o aniversário de alguém que a gente ama é a data mais importante que existe no calendário.
Gosto de comemorar!
Mas isso não tem nada a ver com mega festas.
Pode ser desde algo muito simples como passear num parque, ou brindar com champanhe pela vida que é maravilhosa.
O que importa é mostrar o quanto a pessoa me é preciosa.
As comemorações são do meu jeito, o que significa transformar aquele dia no melhor de todos da vida do aniversariante.
Tipo, algo inesquecível.
Dizem que cada pessoa tem suas manias e preferências, pois essa é a minha.
Então, foi com esse propósito que me dediquei ao aniversário de dois anos da Martina, que caiu num dia de semana.
Os pais dela estariam trabalhando, portanto ficaria em casa aos cuidados da competente Priscila.
Mesmo sabendo que a festinha para a família e amiguinhos seria nesse sábado - depois vou postar algumas fotos - eu quis colorir o dia em que ela nasceu.
Passei o dia com a pequena.
Na véspera, fui ao super mercado e comprei os ingredientes para fazer a torta de bolacha Maria com chocolate que ela adora, mais velas, balões, bombons e negrinhos, a decoração perfeita para uma comemoração infantil.
Acordei super cedo para deixar tudo pronto e organizado.
A Martina chegou para o almoço e também a única convidada: Marcela, sua prima.
À tarde, fomos passear na praça da Encol.
Sacola com pás, baldes e forminhas foi a nossa bagagem.
Uma toalha estendida na grama marcou o nosso território.
Crianças, balanços, escorregador e a areia da praçinha encantaram o tempo das meninas.
Depois, uma visita na loja de brinquedos, onde a Martina escolheu seu presente: o palhaço Patati.
Na volta para casa brincamos na sala, que virou um tablado de jogos de montar, panelinhas, fogãozinho, massinhas de modelar, bonecas, lápis de cor e papel.
Na hora do lanche, que fizemos no jardim, o Dimas, nosso cachorro labrador, contribuiu com a folia correndo atrás da bola que a Martina chutava.
Na despedida, o olhar e o sorriso nos lábios da aniversariante me deram a certeza de que ela entendeu o quanto me é preciosa.



 
Martina almoçando...

andando de balanço

ao lado da Marcela

brincando na areia
com o presente de aniversário:

 o palhaço Patati

Martina e Marcela nos brinquedos do parque

Martina entendeu o quanto me é preciosa 



15 de setembro de 2011

Unidos pela Tradição


Uma das características do nosso povo é a de manter bravamente as tradições, e isso sentimos quando andamos pelos quatro cantos do Rio Grande.
Em todas as regiões não há distinção: vemos o gaúcho pilchado, os CTGs repletos, o chimarrão como hábito sagrado, o churrasco assado no mais distante rincão e nosso hino cantado com propriedade e emoção.
Estamos todos acompanhando mais uma grande mobilização gaúcha em torno das comemorações da Semana Farroupilha.
De norte a sul do Estado, as prefeituras, as secretarias de turismo e cultura, a rede escolar, as instâncias da sociedade civil, o cidadão comum, todos estão imbuídos de que o momento é de celebrar e reverenciar a história da Revolução Farroupilha, acontecimento histórico que confirmou o perfil guerreiro do povo gaúcho, que definiu as cores da nossa bandeira, e que deve estar sempre vivo em nossa memória.
O mês de setembro traz para o Rio Grande do Sul inteiro, a certeza de que somos um povo aguerrido que tem orgulho do seu passado, que no presente cultua suas tradições e costumes, para no futuro não ver diluídas sua história e sua identidade.
É no agora que devemos trabalhar para que nossa tradição seja passada às novas gerações e mantida por quem já tem consciência de sua importância.
Chegando ao século XXI, assistindo a ascensão global de uma sociedade de consumo e tão dependente das tecnologias, é incrível ver nossa capacidade gaúcha de evocar as raízes, de manter os costumes e de resgatar o passado, movida pela força maior de uma revolução acontecida há mais de cento e cinqüenta anos.
Seu significado determina até hoje muito do que somos, e, por isso, nos entregamos às comemorações com tanta devoção.
Os governos com suas secretarias envolvidas,se dedicam à Semana Farroupilha, simbolizada em Porto Alegre pelo Acampamento Farroupilha e pelo desfile temático do dia 20 de setembro.
Dali, nossa maior festa popular irradia para todo o Rio Grande do Sul e para o Brasil, como emblema da trajetória de um povo que evolui e ao mesmo tempo mantém sua identidade, não deixando morrer os ideais farroupilhas

13 de setembro de 2011

Novidades nos aeroportos

As empresas áreas deverão criar centrais de atendimento presencial em aeroportos para recebimento de queixas e reclamações de passageiros. 
A determinação faz parte de uma resolução da Agência Nacional de Aviação (ANAC) publicada no Diário Oficial da União.
A resolução vale para empresas que movimentam mais de 500 mil passageiros por ano em áreas distintas dos balcões de check-in e das lojas destinadas a vendas de passagens.
As empresas deverão responder aos passageiros no prazo máximo de cinco dias úteis.
E não para por aí, pois as companhias terão que fazer relatórios  semestrais sobre os atendimentos e encaminhá-los para a ANAC.
As regras são válidas para empresas brasileiras e estrangeiras de transporte aéreo regular de passageiros que operam no país.
As companhias tem 60 dias para se adequar á medida.

(Fonte da informação: revista Veja)

12 de setembro de 2011

Um Pequeno Desejo


A vida é mesmo uma constante surpresa, na qual, a maior delas fica por conta de pessoas que foram atingidas por um grande sofrimento.
Dentre elas, nem em pensamento imaginam ter: a perda de um filho querido.
E fazem da sua dor uma alavanca para a solidariedade, buscando diminuir a tristeza de crianças e adolescentes doentes, recolhidas em camas de hospitais.
O Instituto Ênio, um Pequeno Desejo, implica essencialmente que qualquer pessoa como simples voluntário possa realizar o sonho de uma criança que se encontra nesta situação.
Para isso, basta cadastrar-se num site disponível na internet, para receber os mais variados pedidos desse universo infantil, inaceitavelmente limitado por doenças, algumas terminais.
Significa muito para aquele que participar!
Desde o momento da escolha do presente, da compra, do criativo empacotamento e depois, o dia da entrega.
Ter a oportunidade de tornar feliz uma criança é sentir-se especialmente uma pessoa melhor.
Sua recompensa será aquele sorriso maroto que ficará guardado para sempre em sua lembrança.
Além de receber a maior das lições de vida com o casal Breno e Rosane Verlangiere, pais de um "pequeno grande homem", o Ênio.
E foi assim que surgiu esse Instituto.
Simples, mas grandioso!


A propósito: O site do Instituto é:

















11 de setembro de 2011

11 de Setembro de 2001- Uma data para nunca esquecer



Escrevo em homenagem a todas as vitimas e famílias destruídas naquele em que reputo ter sido um verdadeiro Holocausto do século XXI.
Atitudes covardes como as que foram perpetradas podem ocorrer a qualquer tempo e em qualquer lugar, pois os autores, covardes, não tem rosto.



 

10 de setembro de 2011

A casa da gente é o melhor lugar


Sempre fiz questão que meus filhos trouxessem os seus amigos para a nossa casa. Foi assim com a Juliana e o Marcelo, que hoje estão casados. Escolhi morar numa casa para que eles tivessem opções de lazer e recebessem para churrascos, banho de piscina, assistissem jogos de futebol, campeonatos de lutas e filmes. Todos os aniversários foram comemorados aqui em casa. Inclusive a garagem, por muito tempo, foi o local da turma fazer suas festas. Eles gostavam e eu também, pois era uma maneira de tê-los perto e conhecer suas amizades. Agora, isso se repete com o Felipe que é o mais moço e mora conosco. Hoje quando cheguei da minha caminhada até o Parcão, ao entrar em casa escutei uma conversa animada e boas risadas, eram os amigos do Felipe, que estavam no jardim da piscina fazendo um churrasco delicioso e super organizado. Confiram  a foto que tirei da turma.


Roberto Carlos encantou a Terra Santa

Na noite do dia 7 de setembro, o cantor Roberto Carlos apresentou-se em Jerusalém e cantou, em hebraico, a música Yerushalaim Shel Zahav (Jerusalém de Ouro), considerada o hino da cidade, sendo acompanhado pela emocionada platéia que lotou o espetáculo ao ar livre.
Para minha alegria recebi de um amigo querido, que está em Israel, a gravação do show.
Terminei de assistir nesse momento e adorei.
Os brasileiros poderão ver no sábado graças a companhia aérea israelense Elal, que criou um vôo diurno excepcionalmente na quinta-feira  para trazer a equipe de produção da TV Globo e o diretor, Jayme Monjardim, para que eles pudessem chegar ao Brasil a tempo de editar o especial que vai ao ar  de noite.
Garanto que vale a pena assistir  Roberto Carlos na Terra Santa!

9 de setembro de 2011

Vote você Também!


A senadora Ana Amélia Lemos, já no seu primeiro ano de mandato, está concorrendo ao Prêmio Congresso em Foco em duas categorias.
Ela foi indicada pelos jornalistas entre os cinco principais defensores dos municípios e também entre os 11 senadores que melhor exerceram o mandato neste semestre.

Vote você também!
http://www.premiocongressoemfoco.com.br/Voto.aspx
Uma mensagem será enviada para o seu e-mail pedindo a confirmação do voto.
Essa mensagem deve ser acessada em até 12 horas para o que o seu voto seja validado.

Parabéns a presidente Dilma que determinou uma devassa no Ministério dos Transportes

O esquema de corrupção do Ministério dos Transportes deu prejuízo de  R$ 682 milhões aos cofres públicos, segundo auditoria da Controladoria-Geral da União.O documento aponta 66 irregularidades em 17 contratos e licitações. Menciona indícios de conluio, precariedade dos projetos, preços excessivos, serviços não executados e adulteração em medições de obras  

8 de setembro de 2011

O retorno dos caras-pintadas

O apoio que Dilma não teve de aliados para varrer a corrupção do país foi manifestado nas ruas pela população. De cara pintada, milhares de brasilienses se uniram para celebrar a independência e dizer basta ao desvio de dinheiro público e à impunidade.

7 de setembro de 2011

Solenidade contra a corrupção

Estive na solenidade contra a corrupção que aconteceu hoje a tarde na sede da OAB gaúcha em Porto Alegre. Em defesa da moralidade, a Ordem dos Advogados do Brasil, em conjunto com a sociedade civil organizada e entidades representativas, lançou oficialmente, um movimento contra a corrupção e a impunidade. Entre as propostas da OAB, a inclusão da corrupção na lei de crimes hediondos, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para acabar com o voto secreto na Câmara Federal e também um regramento para a criação de cargos de confiança. Quem quiser encaminhar sugestões pode participar da mobilização através do site www.agorachega.org

Fotos do meu aniverário que foi organizado pela Juliana.


Mãe
O teu aniversário foi lindo!
Amei organizar a festa para ti.
Adoro a família reunida.

Um beijo
Juliana.




Apaguei  as velas com a ajuda da Martina e da Marcela.

Quando cheguei na festa organizada pelos meus filhos
Com o Alexandre e o Dakir Duarte Filho,nosso grande amigo.
Da esquerda para a direita: meu irmão João Paulo, James meu genro,Eduardo Prada e Cides Fontanella, meus cunhados, Ailton Moraes e Pedro Pablo Komlos, amigos de uma vida.
Com meus pais e minhas irmãs
Com o Alexandre no jardim do condomínio onde foi o aniversário
Com a Juliana que organizou a festa do meu aniversário com a família
Com o James meu genro
Com a Maria Cristina Maciel de Sá
Com as minhas amigas e cunhada: Karem Moraes, Lia Duarte, Rose Gurski e Leonor Schwartzmann
As brincadeiras da turma miúda  da família Leal: Alice, Martina, Arthur, Júlia e Marcela, observados pela Beth Helm minha amiga querida,  meus pais e minha Irmã Inês