31 de outubro de 2012

Me dando conta


Os últimos dias do mês de outubro foram de agenda cheia! As reuniões políticas e os compromissos partidários, mais os eventos da família e dos amigos, me fizeram correr para dar conta de tudo e, ainda assim, não consegui comparecer a todos como eu gostaria.
A sensação que tenho é de que me atirei de cabeça, corpo e alma no trabalho, não tive tempo nem para pensar, quanto mais planejar o feriado que está chegando. 
Como a família é grande, todos querem conferir como está a programação de cada um para saber com quem contar num almoço, por exemplo, e foram chegando perguntas do tipo: “E aí, qual é o plano para o feriado”? ou “Pra onde vais?”. 
Me dei conta de que eu não tinha respostas, porque literalmente me passei nessa do feriado de finados. Ah! Aí levei uma “flauta” acompanhada de um conselho: “Já acabou a campanha! Tens que cuidar de ti! Precisas de férias”!
Isso me fez lembrar da viagem para Maceió, que estava marcada  para início de novembro e eu adiei. Então, percebi que eles têm razão, pois sinto que preciso dar uma parada e descansar, tirar férias mesmo, viajar para algum lugar onde possa me restaurar desse período tumultuado que vivi e voltar renovada para ...continuar trabalhando!  





30 de outubro de 2012

Decisão acertada



Os exercícios físicos fazem parte da minha vida como a água que eu bebo! Considero-os tão importantes quanto a minha alimentação e o meu sono. Tenho dias e horários certos para essa prática que obedeço com rigor, pois me fazem um grande bem para a mente e para o corpo. 
Nessa linha de raciocínio, a escolha do local adequado para praticá-los é tão fundamental quanto o hábito. Sou exigente com isso, pois verifico tudo, desde o ambiente climatizado e tranquilo, os aparelhos  para musculação, professores competentes, aos vestiários com estrutura, banheiros limpos e bem cuidados, estacionamento próprio, até a música que toca de fundo.
Eu sempre procurei academias que respondessem a todos esses pré-requisitos e não me incomodava de me deslocar até outro bairro, mas, de uns tempos para cá isso passou a pesar por conta do trânsito que anda complicado. 
Decidi que era chegado o momento de trocar de academia, buscar uma que fosse perto da minha casa e que eu pudesse ir caminhando. Confesso que estava um pouco receosa de fazer essa troca, porque tem muitos anos que frequento a mesma academia, onde fiz amigos e que conheço de olhos fechados, sem contar que estava satisfeita com a rotina de exercícios que fazia lá e com a cuidadosa equipe de profissionais. 
Mas, havia algo importante a ser priorizado: facilitar minha vida e otimizar meu tempo.
Então, na semana passada eu me mudei para a academia JBnunes, que fica no mesmo bairro onde eu moro.  Gostei de ver o trabalho sério desenvolvido há trinta anos e estou adorando os programas, que tem duração pré-determinada e estabelecem metas para atingir resultados através de uma combinação de exercícios específicos dirigidos para cada perfil. 
Tudo está no site da academia, que é bem completo. Até compartilho aqui o vídeo institucional para quem quiser conhecer melhor a JBnunes.
Coisa boa, acertei na mudança e na escolha pensando na minha qualidade de vida!

   

29 de outubro de 2012

Parada obrigatória


Banco de Imagens Portal PMPA

A Feira do Livro de Porto Alegre está acontecendo na Praça da Alfândega, transformando aquela região do nosso Centro Histórico. 
Além de estimular a economia, o foco é despertar a população e os visitantes da capital dos gaúchos para o contato com os escritores, com a leitura, com ações educativas, e, principalmente, chamar a atenção para esse instrumento de formação e transmissão de conhecimento tão antigo, e tão necessário a todos, que é o livro.
Penso que o livro deveria ser um instrumento mais acessível, deveria estar nas mãos das crianças,  dos cidadãos comuns, nas prateleiras de todas as casas, pois seu poder de despertar a criatividade e o imaginário é imenso. Eu acredito que para conquistarmos uma sociedade com mais qualidade de vida, é preciso que sejam alcançadas ferramentas para seu desenvolvimento social e cultural, e entre elas, estão os livros e a leitura.
As feiras do livro se propõem com sucesso a agir nesse sentido, a democratizar mais o livro, por isso vejo a nossa feira como uma parada obrigatória para todos nós.
Mesmo com as novas tecnologias e “ameaças” de fazer o livro migrar para o mundo eletrônico, para mim nada vai substituir o cheirinho do papel, a  admiração de uma bela capa e a relação que cada pessoa estabelece com seu exemplar, os lugares onde gosta de ler e guardar seus livros.
Livro é algo tão especial e íntimo que muitos sequer gostam de emprestar! E o mais valioso é que por trás de cada objeto-livro há uma cabeça, uma mão, uma história humana vinda de um escritor, de um poeta que quer fazer chegar aos outros de forma legítima o seu talento criativo.
Vou visitar a feira em breve, pois é um passeio que sempre me alimenta, onde troco ideias e encontro amigos e novidades. Espero que todos prestigiem!




28 de outubro de 2012

Guie uma criança pelo caminho que ela deve seguir e guie-se por ela de vez em quando. Josh Billings


Esse é o pensamento que norteia minha relação com a Martina e a Marcela, e, logo, logo, também será assim com a Catharina. Dedico-me a mostrar-lhes o caminho das descobertas, a incentivar os desafios e compartilhar as coisas simples da vida.
Meu objetivo é  construir com elas uma relação sólida e amorosa, com muita naturalidade.
Seguras, as meninas já exercem suas preferências e é isso que eu quero contar para vocês e vou fazer em partes, primeiro as da Martina e depois da Marcela.
O programa preferido da Martina é fazer piquenique na Praça da Encol. Isso  tem um ritual que ela curte demais e começa cedo da manhã quando dorme aqui em casa. É só o tempo de abrir os olhinhos que já sai dizendo: “hoje é dia de piquenique”!  
Então, feliz da vida, ela me ajuda a arrumar a sacola que contem: uma toalha xadrez verde e branca, suco de uva, água, bolo, banana, chapéu, um livro de história infantil e um balde com pazinha e forminhas para brincar na areia.
E lá vamos nós de mãos dadas caminhando em direção a praça.
Ao chegar, ela escolhe o lugar para estender a nossa toalha e logo nos sentamos para apreciar o cenário ao redor; conversamos sobre a semana dela na escola e depois eu leio o livro que levamos. Tem também as brincadeiras, que são muitas como esconde-esconde, floresta encantada e chapeuzinho vermelho.
O interessante é ver a evolução dela a cada passeio, pois o que antes  tinha um certo receio de fazer, como subir em árvores e pedras, agora domina por completo e adora.
Na próxima postagem vou contar o programa preferido da Marcela comigo.
Só digo que é maravilhoso poder participar do crescimento das meninas e também delas compartilharem da minha vida e do que eu posso proporcionar.
Esse convívio só faz reforçar a minha certeza de que o amor é algo simples e tem como ingredientes básicos a espontaneidade e o cuidado.












26 de outubro de 2012

Comemoração merecida




Um registro de uma feliz comemoração da semana: o aniversário do prefeito José Fortunati. Muita gente foi dar um abraço e comemorar a data, vinda na sequência da vitória nas urnas. Um grande momento de vida para o Fortunati depois da bela campanha que provou a Porto Alegre o seu comprometimento com a cidade e que resultou na aprovação de sua gestão pela população.
O encontro foi na Casa do Gaúcho e teve o prestígio de personalidades e dos parceiros políticos. Foram muitos os momentos especiais. 
A surpresa ficou por conta da entrega de um álbum com os melhores registros fotográficos da sua campanha vitoriosa feitos pelo especializado fotógrafo Jefferson Bernardes que cobriu toda a campanha, que foi extremamente ligada às mídias sociais e trabalhou muito bem a comunicação de forma geral e o uso das imagens, que enriqueceram demais a caminhada. 
O prefeito, emocionado, agradeceu o presente, dado pelas mãos do deputado Vieira da Cunha.
Foi uma bela reunião e todos que se envolveram na campanha também tinham motivos para comemorar com seus partidos, famílias e colegas de trabalho.
Para mim, o convívio com o Fortunati e o Sebastião Melo e seus coordenadores de campanha, Vieira da Cunha, Martinelli e  Tutikian e demais equipes que tanto se esforçaram na busca da reeleição foi excelente e isso refletiu também na minha campanha, pois, pela coligação partidária, ganhei a força da proposta que foi vitoriosa.
Parabéns, grande prefeito!


Homenagem ao aniversariante

Com o Prefeito Fortunati e o presidente do PP de POA, Tarso Boelter

Com meus filhos e noras: Fernanda, Marcelo, Felipe e Eduarda

 Alexandre Abu-Janra e Felipe Leal Markusons com o Prefeito Fortunati

Com o deputado federal Vieira da Cunha

Com o ex-prefeito e vereador de POA, Guilherme Socias Vilella

Com o ex-prefeito de Porto Alegre, Fogaça e sua esposa Isabela

Com o Vice-Prefeito eleito Sebastião Melo e o presidente do PP de POA




Fotos de Paula Fiori

25 de outubro de 2012

Adeus, Tatata Pimentel




Com muito sentimento de pesar, faço aqui um registro em relação a morte do talentoso Tatata Pimentel. Ele foi meu professor de português na FAMECOS. Eu gostava muito dele como pessoa e o admirava como mestre, que tinha uma mente brilhante e dava suas aulas com dinamismo e de forma diferenciada. Era uma disputa essa sua cadeira na faculdade, pois todos queriam aprender com ele, passar por ele, que sabia ensinar como ninguém e era um poço de conhecimento. 
Até hoje eu tenho meu caderno guardado e já fiz uso do mesmo para pesquisas.
Tatata era amigo dos meus irmãos que muito conviveram na noite porto-alegrense dos anos 70 e também do meu pai, por isso, onde me encontrava fazia a maior festa. Várias foram as vezes em que eu entrei num evento social onde ele fazia a cobertura para a televisão e já o via caminhando na minha direção falando: “essa menina se tornou uma boa política pela boa educação que recebeu na família  e na faculdade, porque eu fui seu professor!”
Lembro do que ele me disse uma vez,  que admirava eu estar em meio a dureza do mundo político e não me “embrutecer”, ou seja,  não perder a feminilidade.  Gostava de vê-lo na mídia! Era um cidadão do bem, sempre alegre e dono de uma cultura infinita.
Vou sentir sua falta!




24 de outubro de 2012

Uma campanha feliz!





Este comigo na foto é o jornalista gaúcho Marcos Martinelli, que foi um dos responsáveis pela recente campanha de sucesso do prefeito Fortunati.  Coordenador de marketing do trabalho que vimos conquistar a vitória no primeiro turno, ele trouxe para a campanha de Fortunati e Melo muito da experiência de outras campanhas políticas realizadas anteriormente em vários estados do Brasil. Trouxe também, estampadas em seu rosto, a familiaridade e a simpatia que nós de Porto Alegre e do RS temos por ele, figura conhecida e querida de tantos telejornais, reportagens e programas que ele participou, criou e dirigiu ao longo de sua careira.
Mas, como ele mesmo falou após o êxito da campanha, esta foi a primeira coordenação no seu estado natal e a vitória teve um sabor ainda mais especial.
O trabalho comprometido deste querido profissional da comunicação foi realmente um diferencial da campanha do Fortunati. Foi muito ágil, foi desenvolvido nas ruas, coletando informações, registrando a cidade e as pessoas, a preocupação do prefeito com Porto Alegre e mais, a sua sincera declaração de que precisava continuar e melhorar ainda mais, sem ataques, sem menosprezos, somente com positividade e transparência.
Marcos Martinelli é um comunicador dos mais brilhantes que eu conheço, um profissional sério e comprometido com a verdade e por isso não fugiu de mostrar aos porto-alegrenses o Fortunati tal como é: honesto, trabalhador, solidário, dedicado, ético, educado, simples, respeitoso e profundo conhecedor da cidade.
O Martineli conhece meu pai de longa data, sempre demonstra muita consideração por ele. Por consequência natural tornou-se meu amigo e tenho o orgulho de dizer que foi um grande incentivador dessa minha campanha para vereadora. Admiro muito pessoas como ele, que estão sempre dispostas a ajudar, que contribuem com idéias, com soluções, que estão sempre ligadas num contexto geral com conhecimento de causa e interesse, acima de tudo, pelo bem comum. Obrigada, Martinelli!



23 de outubro de 2012

Iniciando bem a semana



Minha segunda-feira foi de agenda intensa e super produtiva, a começar pela reunião do PP/RS. Líderes de muitos cantos do Rio Grande do Sul estiveram reunidos por duas horas na sede do partido e fizemos uma avaliação das eleições municipais de 2012. 
O presidente Celso Bernardi apresentou um levantamento da atuação e dos resultados em todos os municípios gaúchos: número de vereadores, prefeitos, vices e suplentes, ganhos e perdas. A conclusão é que mais uma vez o Partido Progressista fincou sua bandeira de forma grandiosa.
Outra coisa muito interessante foi ter a oportunidade de ouvir os depoimentos de candidatos a prefeitos e vices, vitoriosos ou derrotados, pois foram verdadeiras lições de política. Como diz meu sábio pai: “só é político no sentido exato da palavra aquele que já disputou uma eleição”.
À tardinha, fui com o Villela para Cachoeirinha onde participamos do programa de rádio do Pedro Ernesto Denardin. Muita gente conhecida como convidada e a pauta girou em torno da eleição do Grêmio e das também das eleições municipais recém realizadas. O curioso é que eu, que não sou nada ligada em futebol, dessa vez estava preparadíssima para falar da disputa entre Koff e Odone. É que na minha casa todo mundo é gremista, então, por consequência natural, eu acabei acompanhando a votação nesse dia tão importante para o meu time. 
A respeito disso, eu penso que o resultado teve a ver com a referência de tempos de vitórias e pela busca de excelência. Para muitos gremistas o Koff significa essa perspectiva. 
Na foto uma panorâmica da mesa de transmissão:













22 de outubro de 2012

Em noite de gala



Artistas de Hollywood no meu blog?  
Poderiam ser, pois ficariam muito bem atravessando um tapete vermelho
Mas não é nada disso! Esse casal lindíssimo da foto é aqui da nossa terra e o que é melhor, da minha família!
Felipe Leal Markusons e Eduarda Brunelli vestidos de gala para a inauguração da Casa NTX, o mais novo espaço de festas de Porto Alegre. Dois jovens lindos, inteligentes, educados, elegantes e queridos que se amam muito e que eu tenho o orgulho de dizer que são meu filho e minha nora.












21 de outubro de 2012

O amor das primas




Esse abraço gostoso das primas Martina e Marcela acontece sempre que elas se encontram. Elas se adoram!
As meninas tem praticamente um ano de diferença e a relação de carinho e companheirismo já aparece desde agora, até porque nós estimulamos muito o convívio familiar, temos esse hábito; nos ajudamos, dividimos tarefas e proporcionamos muitos encontros das duas. 
Assim como meus filhos cresceram unidos entre eles e próximos dos primos-irmãos, sabemos que as duas, mais a Catharina, que fez dois meses ontem, dia 20, também terão o benefício dessa convivência querida.









20 de outubro de 2012

Super agenda de segunda-feira



Ontem, recebi uma ligação do amigo, colega e produtor Leonardo Vargas do Programa Confraria do Pedro Ernesto no Show dos Esportes, dizendo que o Pedro Ernesto quer muito que eu participe do programa dele dessa segunda-feira.
Depois, mandou o convite por e-mail com uma introdução super amável. Aí ficou mais impossível ainda de recusar.
Como na segunda-feira eu tenho uma importante reunião com  a Associação Moinhos Vive, no Leopoldina Juvenil às 20h, vou ter que dar uma de mulher maravilha para dar conta dessa agenda, mas nada que minha estratégia de filha de militar não  resolva. Estarei então na primeira meia-hora do programa prestigiando o Pedro Ernesto, o Leonardo e ao lado do Villela, que também foi convidado.








18 de outubro de 2012

Mulher prevenida vale por duas



Não tive como não lembrar da minha avó materna Alice Fuchs Ibañez. Uma linda mulher de origem alemã que era sempre elegante, mesmo dentro de casa ou pronta para dormir. Fecho os olhos e me vem a imagem dela vestida de tailler com corte impecável, camisa super bem passada, meias escuras, sapato de salto e acessórios -  brincos e colar de pérolas legítimas. Acho que foi ela que imprimiu em mim o gosto pelos trajes clássicos, que atravessam o tempo e se sobrepõem a modismos, o que facilita na composição do guarda-roupa. Era uma figura admirável e penso que me ensinou muito com sua atitude de mulher organizada e preventiva frente à vida.
E foi passando por um pequeno incidente de percurso numa tarde dessa semana que reforcei minha lembrança. Estava em plena Praça da Matriz depois de sair da Assembleia em direção a sede do meu partido, quando meu sapato trancou numa daquelas pedrinhas da pavimentação e lá se foi o salto.
Depois de ser gentilmente auxiliada por um cavalheiro, que logo se identificou como meu eleitor, fui até o meu carro, que estava em um estacionamento e fiz uso do meu kit de emergência, composto de um par de sapatos, meias, um blazer e uma echarpe, tudo básico, em cores neutras, que podem ser aproveitados em caso de necessidade, sem comprometer o visual. 
Na época da Secretaria da Cultura, em que enfrentava dias com agendas muito diferentes da manhã à noite e com viagens ao interior para eventos, eu fazia do carro closet e camarim, pois tinha que estar bem e adequada a qualquer hora.
Foi uma situação inusitada essa e não fosse eu ter levado tão a sério as lições de mulher prevenida e sempre “em cima do salto” da dona Alice, estaria em apuros, pois teria que voltar para casa e atrapalhar toda uma agenda cuidadosamente planejada de compromissos.


17 de outubro de 2012

Agradecendo



Dias de agendas intensas voltadas para o mundo político. A época é de conversas, análises e planejamentos, após a frutífera conquista do prefeito José Fortunati em primeiro turno. Aos poucos, as reuniões vão acontecendo. Na praça da Matriz, cumpri o caminho sede do Partido Progressista Estadual - Assembléia Legislativa e, depois, Câmara Municipal de Porto Alegre. Estou retornando e agradecendo a muita gente que apoiou, acompanhou e torceu pela minha jornada de mais uma vez querer contribuir como vereadora na nossa cidade.
Esses encontros são extremamente importantes para quem, como eu, valoriza por demais as atitudes e também os gestos que demonstram sinceridade e que identificamos de longe. Às vezes, uma pequena atitude pode mudar toda uma maneira de como a gente vê uma pessoa ou uma história em curso.
Sei que pessoas queridas, próximas, distantes e até desconhecidas dedicaram seu tempo e sua intenção cidadã e política para ampliar a minha turma de eleitores.
Minha natureza é de completa dedicação para com as pessoas e não sossego até vê-las todas bem, por isso procuro, converso, quero saber como estão.
Bem, na Câmara, especialmente, a emoção foi grande, pois fui recebida e cumprimentei meus colegas de partido João Antonio Dib, Beto Moesch, João Carlos Nedel e Kevin Krieger com o plenário em sessão.
Não adianta, lá me sinto mesmo em casa. É só pisar no chão da entrada que me voltam maravilhosos quatorze anos de trabalho.




16 de outubro de 2012

Amizade e sintonia



Penso que tenho mesmo razão quando digo que uma das coisas boas da política são as pessoas que conhecemos e as amizades que fazemos, sendo que algumas ficam para sempre na vida da gente. Um bom exemplo disso é a amizade com José Fogaça.Eu o conheci pessoalmente na sua primeira campanha para prefeito de Porto Alegre. Depois, quando vereadora, fui indicada por ele para ser vice- líder do governo municipal na Câmara de Vereadores. Dali em diante, passei a conviver com Fogaça e a sintonia de ideias e na conduta política, nos tornou próximos. Mesmo quando eu estava no governo estadual e mais adiante, atuando como comunicadora na tevê e no rádio, foram muitas as vezes em que nos encontramos e que contei com o apoio e torcida dele. Disso resultou uma amizade também com a Isabela, sua esposa, que está sempre ao seu lado e de quem eu gosto demais.
Estivemos juntos na inauguração do Comitê Central da campanha Fortunati/ Melo em final de julho. Subimos no palanque com os candidatos em meio a uma multidão que, em festa, já anunciava o clima que resultou no final da caminhada. Em seguida, entrei na correria da minha campanha.
Fazia um tempo que não falava com o Fogaça, mas recentemente, nos encontramos num evento cultural da capital e aí sim tivemos a oportunidade de colocar os assuntos em dia.


E o encontro também foi especial porque ocorreu na minha querida Câmara Municipal de POA








15 de outubro de 2012

Dia do Professor – dia para refletir


Registrando minha homenagem e admiração a todos os professores, que precisam de valorização urgente, pois são peças chave para o desenvolvimento desse país.

"É melhor construir salas de aula para o menino do que celas para o homem”, 
do poema Canção da Escola Esfarrapada, Eliza Cook

Essa frase é de uma poetisa e escritora inglesa nascida em 1818. Escrevia para jornais da época sempre com uma postura libertária e pioneira, e que assim consegui marcar sua época e se afirmar, coisa não muito fácil para as mulheres da época. Ela acreditava na ideologia da auto-melhoria pessoal a partir da educação. Assim como esta, vemos frases e pensamentos muito mais antigos, de pensadores, filósofos e escritores relativos a essa relação do afastamento da violência e da criminalidade através do acesso à educação, à escola, aos livros. Ou seja, é história antiga.
Tomo a reflexão por esse lado, pois sempre incluí o tema do afastamento da violência e da criminalidade na minha atuação política e vou continuar batendo nessa tecla. A violência vem do desvio de conduta, da ignorância, da inversão de valores, da falta de leitura e de atividades construtivas que podem apontar aptidões e revelar talentos que os jovens poderiam usar para o bem.
Por isso o dever do Estado como um todo de prover, de dar condições, de proporcionar uma base de ensino para suas crianças, e de garantir a presença e dar o real valor ao profissional que está ali, ao lado do aluno, o professor.




Bom momento


A imagem abaixo foi um dos momentos desses dias de feriadão, que usei para relaxar, retomar coisas pessoais, ficar com a família e dividir o cuidado das pequenas. Por isso caí até na piscina com a Martina e a Marcela. Elas se divertiram e eu também, fora o contato com a água, que me fez um bem enorme.


Ainda no aguardo por dias quentes, nosso banho foi na piscina térmica








14 de outubro de 2012

Presente e futuro


Usei o feriadão para descansar. A semana que passou foi muito puxada. Normal isso, já que o pós-eleições requer muito da presença física e mental do candidato. É que são várias coisas para fazer e acompanhar ao mesmo tempo, mas nada que eu não tire de letra. Depois de verificar se toda a propaganda de rua, como faixas e cavaletes, foi retirada, teve o fechamento do comitê, a despedida da equipe, a prestação de contas para encaminhar ao TRE e muitas reuniões políticas.
As reuniões são importantes para fazermos o balanço de como foi a eleição de forma geral e para ser traçado o planejamento da atuação do partido junto à vitória do Fortunati. No momento, as pautas envolvem meu nome, já que ocupo a primeira suplência do Partido Progressista e terceira da coligação do PDT-PRB-PP. Creio que o mais difícil de tudo são as especulações, que já surgiram, pois ora estou na Câmara de Vereadores, ora estou numa secretaria municipal. É  um período que exige calma e introspecção. A única coisa certa é que a minha posição de direito como primeira suplente do PP me torna pronta, ou seja, “empoderada” tanto para o legislativo como para o executivo.
Na esteira desse cenário onde eu tenho que tomar decisões tão importantes para minha caminhada política, compartilhar sentimentos, trocar ideias, ouvir conselhos, enfim, conversar muito com as pessoas que fazem parte da minha vida, é por demais valioso e necessário. Só tenho que agradecer àqueles que entendem e respeitam  esse momento tão especial e fundamental para mim.
Voltando aos afazeres da semana de fechamento da campanha, como sou filha de político, aprendi desde cedo a administrar essa área de forma a não interferir na minha vida pessoal, ou seja, separando bem as tarefas e o tempo. Numa linha de conduta cuidadosa e respeitosa comigo mesma e com as pessoas com quem iria tratar, essa semana eu fiz uso de uma estratégia que rendeu meus dias: comecei cedo da manhã e não parei para almoçar. Claro que só deu certo porque contei com a boa vontade dos envolvidos no processo, e todos, sem exceção, atenderam ao meu pedido de compatibilizarmos agendas nos primeiros horários do dia e quando necessário, fazer reuniões almoços. Aqui fica um registro especial ao presidente do PP/RS, Celso Bernardi, que, ao meu pedido, prontamente mexeu na sua agenda.


12 de outubro de 2012

Energia de criança


Hoje é feriado religioso de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e também o Dia da Criança. É uma data duplamente feliz, tradicional do nosso calendário e muito esperada, pois é quando pais, tios, padrinhos e avós, em função da folga no trabalho, podem curtir e dispensar toda sua atenção aos pequenos. Os presentes são muito bem vindos, mas um dia de passeio e brincadeiras pode se tornar inesquecível.
O que quero mostrar nessa postagem é que criança é coisa especial. Ter uma criança por perto faz bem ao coração; poder ajudar ou acompanhar seu desenvolvimento é muito gratificante.
Homenageio todas elas através de imagens das minhas pequenas Martina, Marcela e Catharina, que me enchem de energia e alegria a cada passeio, a cada dia em que fico com elas, que ajudo seus pais em tarefas do cotidiano, contribuindo com a minha super logística de avó moderna, papel que eu adoro desempenhar!


Fazendo bagunça com a Marcela...

e recebendo aquele carinho

Quando estou com elas, viro criança

Martina, Chapeuzinho Vermelho e eu

Me divertindo com a Martina

Catharina, no colinho da irmã, em breve estará brincando







11 de outubro de 2012

No balanço das eleições



Registrando o bom encontro que tive hoje pela manhã na sede do Partido Progressista com o presidente Celso Bernardi. Conversamos bastante sobre as eleições municipais, os resultados e pude fazer um relato detalhado da minha campanha. Depois de meses intensos de trabalho, agora é hora de balanço.



Com o Presidente do PP Estadual, Celso Bernardi em seu gabinete





Um diferencial


Durante minha campanha a vereadora tive o privilégio de contar com a presença e apoio de uma fotógrafa profissional que gerou um diferencial na cobertura das minhas agendas, que deu um tom, uma cor, uma luz toda especial a tudo. Foram milhares de registros e uma relação de trabalho maravilhosa, que somaram a minha disposição e da minha querida equipe, de abraçar a nossa Porto Alegre. 
A fotógrafa é Paula Fiori, e, hoje, presto um agradecimento a ela elegendo duas fotos que considero especiais, clicadas em dois dos eventos mais importantes que ocorreram durante a campanha: o desfile de 7 de setembro e as comemorações do dia 20 de setembro:











10 de outubro de 2012

Passeio noturno


Nessas andanças da campanha, muito rodei pela cidade, da zona norte a zona sul, dia e noite. Como o meu comitê ficava no bairro Menino Deus, dependendo das outras voltas, cruzava a Cidade Baixa. Foi quando me deparei com a nova iluminação da Rua João Alfredo e da República. Aí, não resisti. Desci do carro e fotografei. Parece incrível, mas a gente até estranha. Me senti nas avenidas da orla no Rio de Janeiro.
A sensação é de bem-estar e segurança. A boa iluminação pública é uma das medidas que uma prefeitura deve tomar e efetivar para coibir atos de violência e de criminalidade.
Precisamos de mais áreas assim em Porto Alegre e vamos ter, pois sei que está nos planos do governo Fortunati estender a instalação das luminárias nos pontos mais boêmios e frequentados da cidade. Quem ainda não viu, recomendo um passeio quando, depois dessas chuvas, voltarem as noites agradáveis da primavera.

Vista da Rua da República iluminada