30 de setembro de 2015

Sábias palavras





Compartilhando notícias

Porto Alegre

Vereadores rejeitam projeto que proíbe venda de energéticos a adolescentes

Votação terminou empatada em 14 a 14 e o presidente da Câmara deu o voto de minerva pela rejeição da proposta

Por: Vanessa Kannenberg
30/09/2015 - 16h36min | Atualizada em 30/09/2015 - 18h16min
Vereadores rejeitam projeto que proíbe venda de energéticos a adolescentes Ederson Nunes/Divulgação/Câmara dos Vereadores/
Presidente da Câmara, Mauro Pinheiro (PT), à direita na foto, desempatou a votaçãoFoto: Ederson Nunes/Divulgação/Câmara dos Vereadores
Em votação que necessitou de voto de desempate do presidente da Câmara, os vereadores rejeitaram, nesta quarta-feira, o projeto de lei que pretendia proibir a venda e o fornecimento gratuito de energéticos a menores de 18 anos. O resultado ficou empatado em 14 votos para cada lado, incluindo uma abstenção, e o voto de minerva do presidente Mauro Pinheiro (PT) desempatou em favor da rejeição do projeto.
Autora da proposta, a vereadora Mônica Leal (PP), encaminhou um requerimento de renovação de votação. O pedido deve ser votado na sessão da próxima segunda-feira e, se for aprovado, a nova apreciação será feita na quarta.
Nos últimos dias, o projeto enfrentou uma forte pressão de empresas que dominam o mercado e de associações que representam o setor. Contrários, todos tentaram, sem sucesso, impedir a votação. 
Pelo menos duas empresas fizeram reuniões frequentes no gabinete da vereadora: Vonpar e Red Bull. Representantes da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não Alcoólicas (Abir) e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) também marcaram encontros com a mesma intenção: derrubar o projeto.

O objetivo do projeto, segundo Mônica, era alertar para os riscos à saúde de jovens e adolescentes, devido ao consumo excessivo dessas bebidas, e vedar uma eventual "porta de entrada" para o álcool.
Esse foi, justamente, um dos principais pontos usados pelos vereadores contrários à medida.
— Se o problema do energético é a associação com o álcool, e o álcool já é proibido para menores, me parece que há um problema de fiscalização — sustentou o vereador do PT Marcelo Sgarbossa.
A autora do projeto rebateu a crítica:
— (A fiscalização) não é uma responsabilidade nossa, é do Executivo. Se eu ficar preocupada se vai ser feita a fiscalização ou não, não faço mais projetos — disse Mônica.

Painel mostra resultado da votação, que ficou empatada
Foto: Divulgação/PP
Projetos semelhantes em outras instâncias
Um projeto muito semelhante ao rejeitado pelos vereadores de Porto Alegre já foi apresentado na Assembleia Legislativa pelo ex-deputado Paulo Borges (DEM) em maio do ano passado — um mês depois a vereadora Mônica fez a proposta na Câmara.
A proposta de Borges previa proibição da "venda, oferta, fornecimento, entrega e permissão de consumo de bebida energética, ainda que gratuitamente, aos menores de 18 (dezoito) anos de idade, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul". Antes de ser apreciado, o projeto foi retirado e arquivado pelo próprio parlamentar, em julho de 2014.
Desde fevereiro, tramita na Câmara Federal um projeto que "proíbe a venda, a oferta, e o
consumo de bebida energética, ainda que gratuitamente, aos menores de 18 (dezoito) anos de idade", de autoria do deputado do PSD, da Paraíba, Rômulo Gouveia. Atualmente, a proposta aguarda parecer do relator na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) e não tem previsão de ir a votação.
*Zero Hora

29 de setembro de 2015

Informação de interesse público

Anvisa proíbe distribuição e venda de quatro tipos de chá.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, os produtos estão em desacordo com a legislação vigente e devem ser retirados do mercado.


Anvisa proíbe distribuição e venda de quatro tipos de chá Shutterstock/Shutterstock
                                   Foto: Shutterstock / Shutterstock
 
 
Quatro tipos de chá tiveram a produção e comercialização proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a partir desta segunda-feira, 21 de setembro.
Resolução publicada no Diário Oficial da União proíbe a fabricação, distribuição, comercialização e o uso de todos os lotes do Chá Misto Camomila e Cidreira, Chá Misto Maçã e Hortelã Dia e Chá Misto Maçã e Canela, da marca Da China, além do Chá Noite Tranquila Aromático, da marca Chileno.
Os produtos são fabricados pelo Laboratório Industrial Vida e Saúde Ltda.
De acordo com o texto, os chás estão em desacordo  com a legislação vigente.
Segundo a Anvisa, o Chá Misto Camomila e Cidreira e o Chá Misto Maçã e Hortelã Dia contêm falsa indicação para lactentes.
Já o Chá Misto Maçã e Canela contém a espécie vegetal Casca de Jabuticaba (Myrciaria cauliflora), que não consta na composição da bebida.
O Chá Noite Tranquila Aromático contém a espécie vegetal Anis estrelado, também sem indicação na composição da bebida.
O Laboratório Industrial Vida e Saúde Ltda. informou que já está recolhendo todos os lotes dos chás que possuem indicação fitoterápica e que não está fabricando esse tipo de produto no momento.
Ainda segundo a empresa, um alvará da vigilância sanitária estadual vai regularizar a situação. O documento deve ser protocolado na próxima semana, permitindo a retomada da fabricação dos chás.

* Agência Brasil



PEC 33/14- Segurança Pública

Nesta segunda-feira, participei do programa " Esfera Pública" na rádio Guaíba.Na pauta a segurança pública.
Escutem o áudio do programa que teve grande repercussão.

            

Data: 28.09.15

28 de setembro de 2015

Evento do Sulpetro


Participei do 18º Congresso Nacional e Latino-Americano de Revendedores de Combustíveis, que tem como objetivo oferecer palestras, debates, exposições de novos produtos nacionais e internacionais  para representantes desse setor.   O evento aconteceu no Wish Serrano Resort & Convention em Gramado.  
Foi um grande congresso!
No comando o meu querido amigo  Adão Oliveira, presidente do Sindicato dos Combustíveis do Rio Grande do Sul.
Com Adão Oliveira e Celso Bernardi
Com Alexandre, meu marido e Luiz Antônio, diretor administrativo do SULPETRO.
Com a deputada Zilá Breitenbach ( PSDB)
   


Com Luiza Neves, Secretária Municipal do Trabalho  e Maria Fernanda Bermudez, Secretária de Inovação e Tecnologia de Porto Alegre.

Secretários e vereadores de Porto Alegre com  o prefeito Fortunati no jantar de encerramento do congresso.



Com o prefeito José Fortunati, que foi  homenageado na categoria COOPETROL categoria nacional.

Recebendo um abraço afetuoso de uma eleitora que pediu esse registro para guardar de lembrança.





27 de setembro de 2015

Retrospectiva da Semana


Compartilho com os leitores do meu blog algumas fotos que registram uma  semana bem movimentada.

Reunião com militares da reserva

Recebendo a visita da Jurema Oliveira, minha  amiga e eleitora.


O amigo Zelonir me levou um mimo delicioso:doce de abóbora

                  Presidindo a Sessão Plenária de Segunda-feira.


Com Guilherme Ferreira Lopes, diretor do Instituto de Identificação e o funcionário Mário. Sou uma fiel admiradora e apoiadora dos servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Sul.

 

Participando do Programa Ponto de Vista da TV Assembleia. No comando o imbatível jornalista Milton Cardoso.



Conferindo projetos com meu assessor jurídico, Lauro Balle

.... assinando um documento como líder da bancada progressista... 

...debatendo com vereadores da oposição sobre um artigo do Projeto de Lei da Comissão de Direitos Humanos, Consumidor e Segurança Urbana...

...defendendo meu Projeto de Lei que proíbe a venda de energéticos para menores de 18 anos. Foto: Matheus Picini

Falando com Luis Afonso, diretor legislativo da Câmara de Vereadores de POA. 

Solicitando a priorização do projeto dos "Energéticos"

Sessão plenária suspensa por alguns minutos para conversa dos líderes dos partidos  com Mauro Pinheiro, presidente da Câmara Municipal de POA.

Reunião semanal de líderes dos partidos. Na pauta priorização de votação da próxima semana.

Em Gramado com o amigo Jakubowski que me serviu uma espetacular carne de ovelha.

                 No evento de abertura do...

...Décimo Oitavo Congresso Nacional e Latino-americano de Revendedores de Combustíveis.

Com a cantora Fátima Gimenez e seu pianista, após maravilhosa apresentação dos hinos do Brasil e do Rio Grande do Sul.

Alexandre e eu com deputados e secretários do executivo estadual e municipal.



24 de setembro de 2015

Manifestações e badernas

Recomendo a leitura do excelente artigo de Rogério Mendelski publicado no Correio do Povo e registro que comungo desse mesmo pensamento:


22 de setembro de 2015

Tempo de mudança


 
O inverno chega ao fim. A primavera começa oficialmente às 23h29 da noite desta terça-feira, 22 de setembro.
A primavera é a minha estação preferida do ano.
Adoro flores! Creio que toda mulher gosta delas.
No meu apartamento sempre tem um vaso com alguma flor e de preferência que tenha um bom perfume, como o lírio branco, que é a flor que eu costumo comprar. Esse é um habito que cultivo a longa data.
Se tem uma coisa que sinto falta da minha antiga casa é de um jasmineiro no jardim. Ainda bem que no meu novo endereço tem muitas flores.
Costumo fazer caminhadas de manhã cedo e nessas últimas semanas, vi vários arbustos floridos que animaram e perfumaram o meu caminho e que me fizeram constatar que a primavera estava mesmo chegando.
Nesses trajetos descubro várias espécies de flores e chego a parar para admirar sua beleza e perfeição. Me chama atenção e encanta a flor de nome Amor Perfeito. É a natureza dando o recado do quanto as coisas simples da vida são verdadeiras e nos fazem bem. É tempo de mudança, de acreditar no senhor tempo para o processo de reconstrução.
Feliz Primavera para todos nós!
Na imagens, fotos que tirei da natureza em flor que encontro nas minhas caminhadas por Porto Alegre e do jardim do meu prédio: