23 de novembro de 2016

Prêmio Press 2016: A VERDADE RECOMPENSA

Estive na entrega do Prêmio Press 2016, evento que sempre prestigio a cada ano, pois é realmente um grande momento da área da nossa Comunicação, que reconhece os profissionais gaúchos, cujos nomes são lembrados, indicados e passam pelo voto popular e por uma comissão julgadora de alto nível. A promotora do prêmio é a revista Press, que tem o jornalista Julio Ribeiro no comando.


Este prêmio é considerado o maior e mais disputado do jornalismo brasileiro. É o que há de importante para a valorização de homens e mulheres que se dão de corpo, alma e coração à profissão, que muitas vezes não tem horário nem descanso, que trabalham com muita paixão, exercendo sua vocação na lida diária do exercício da ética, da isenção e da imparcialidade, ao buscar a verdade dos fatos e colocar esses fatos nos meios de comunicação com responsabilidade, formando opinião, levando conhecimento à população, prestando um serviço indispensável.

Antes da abertura dos envelopes para revelar os vencedores, houve a recepção com um delicioso coquetel, momento de confraternização onde pude matar a saudade de colegas amigos queridos. 

Já no teatro Dante Barone, tive o privilégio de subir ao palco para anunciar o prêmio de Melhor Programa de Televisão do Ano, que foi para o Rio Grande no Ar, da TV Record.

Os grandes homenageados da cerimônia foram a FAMECOS/PUC, pelos seus 50 anos de fundação e, in memoriam, o professor Antonio Firmo de Oliveira Gonzales, o Antoninho, como todos o conheciam. 

Abaixo alguns registros da cerimônia do Prêmio Press 2016.














Nenhum comentário:

Postar um comentário