30 de janeiro de 2017

Reconhecimento

Gostei de ver. O jornalista Políbio Braga ilustra postagem em seu blog dando crédito ao meu trabalho e a minha causa maior como vereadora da capital, e como cidadã, que é a segurança pública.
👮🚨🚔




👇

27 de janeiro de 2017

Boate Kiss, 4 anos

Dia 27 de janeiro. Há quatro anos o Rio Grande do Sul e o Brasil amanheciam com a notícia do incêndio da Boate Kiss em Santa Maria. Um domingo que não conseguimos esquecer, quando foram perdidas 242 vidas. A causa foi a queima de um artefato pirotécnico dentro da boate, que em seguida mostrou não oferecer as menores condições de segurança e planejamento para situações de emergência.
Hoje, o complexo processo de punição dos responsáveis pela tragédia, dos donos do estabelecimento aos agentes públicos envolvidos, ainda se arrasta e ninguém está preso.
Chocada, como todos ficamos frente à tamanha tragédia, e refletindo sobre a necessidade permanente de medidas de segurança preventiva eficazes para a população, em 28 de janeiro, um dia após, protocolei projeto de lei pela proibição do uso de fogos de artifício de qualquer espécie em espaços fechados no município de Porto Alegre. Em setembro do mesmo ano, virou lei sancionada pelo prefeito José Fortunati. 
Apresentá-lo com urgência, em favor da vida, que é o nosso bem mais precioso, foi a forma que encontrei, como vereadora de Porto Alegre, de contribuir para que fatos como o da Kiss nunca mais ocorram.

Abaixo reportagem do programa Fantástico da Rede Globo sobre a situação atual do caso.

          







26 de janeiro de 2017

Tema preocupante

Compartilho comentário do colunista Fernando Albrecht na sua página do Jornal do Comércio de hoje, que toca no problema da pichação, tema preocupante que faz parte das minhas pautas como vereadora de Porto Alegre. 



23 de janeiro de 2017

SEGURANÇA URGENTE!


Acompanhei com muito interesse as notícias sobre o primeiro encontro entre o prefeito Nelson Marchezan Jr. e o secretário Cezar Schirmer para tratarem do alinhamento de ações conjuntas e da construção de uma agenda integrada que irá potencializar a área da Segurança Pública na capital. Schirmer ressaltou que Porto Alegre necessita de políticas específicas e ações emergenciais, em curto, médio e longo prazo. Eu diria, emergenciais e urgentes.
Frente a essa significativa união de forças, imediatamente, me remeti a um texto que escrevi em 2012, intitulado “Mexam-se, prefeitos”, onde registrei a minha convicção de que não era mais admissível candidatos a prefeito ignorarem o tema da segurança como se o mesmo fosse responsabilidade única e exclusiva do governo do estado. Esta é uma área vital dos municípios, pois, é a partir dela que os médicos podem atender a população nos postos de saúde, os professores e alunos conseguem chegar nas escolas e o comércio de rua, que impulsiona a economia, pode funcionar. 
Dentro disso, na minha atuação como cidadã e como agente político, tenho como princípio que meu apoio e voto, a cada eleição, serão dados para um candidato que apresentar um plano de governo que priorize a segurança pública, direito de todos.
Marchezan começa muito bem, atacando a grave situação do avanço desenfreado da criminalidade, ao buscar, junto ao governo estadual, parcerias e melhores condições para termos uma Porto Alegre mais segura.
Abaixo, um vídeo resumindo as medidas e sugestões tratadas hoje no Paço Municipal.


            









20 de janeiro de 2017

A morte de Teori Zavascki


O Brasil perde um homem exemplar, de elevada reputação e notório saber jurídico.  Ministro do STF, estava mudando o rumo do País como relator da Lava Jato. 
Sua sabedoria e discrição na atuação pública chamaram a atenção da sociedade de forma positiva. Sentiremos muito a falta de Teori Zavascki. 
Precoce perda.


19 de janeiro de 2017

Urgente: Ponte de Pedra pichada!

Estou fora de Porto Alegre, mas soube hoje através da minha assessoria de gabinete que a nossa Ponte de Pedra, monumento histórico tombado, em fase final de restauração, juntamente com todo o Largo dos Açorianos, mesmo com o cercamento, em função da obra, amanheceu PICHADA!
O que fazer com esses vândalos que não respeitam a cidadania, que não têm noção de pertencimento, de valores, pois estragam seu próprio patrimônio, o patrimônio da sua cidade, que é de todos?
Pichação é crime e exige punição! Sou uma vereadora que trabalha insistentemente em cima de medidas eficientes que coíbam essa prática nociva, como a instalação, em 2006, do Disque-Pichação 153, em parceria com a Guarda Municipal, sugestão minha à Prefeitura, e a recente aprovação do Projeto de Lei de minha autoria que obriga o pichador a reparar e custear o dano causado ao patrimônio público e privado.
A contenção dessa praga urbana que impregna e suja nossa história e nossa memória é urgente! 
O ocorrido na Ponte de Pedra é lamentável e exige providências imediatas das autoridades municipais.



Fotos: Fábio Paranhos




13 de janeiro de 2017

Gabinete com identidade visual!

Na tarde desta sexta-feira, foi colocada a arte da fachada da minha sala na Câmara Municipal de Porto Alegre. 
Deixo aqui um agradecimento especial a todos os profissionais que tornaram este belo trabalho gráfico possível. 
Aproveito para dizer que meu gabinete está de portas abertas e à disposição dos porto-alegrenses. 
Um ótimo final de semana a todos!


Os blogs e eu

Com a chegada das redes sociais, o mundo se adequou rapidamente a uma nova forma de comunicação, que trouxe novas possibilidades de usar a escrita, de utilizar imagens, de informar e de divulgar. Nessas plataformas, me expresso diariamente no Facebook, no Twitter e no Instagram, mas, confesso que tenho um carinho especial pelo meu blog, que já mantenho há sete anos e que é, ao mesmo tempo, espaço de opinião, de trabalho, espaço afetivo e um arquivo da minha trajetória pessoal e política. Os blogs nos permitem exercer as ideias de forma mais generosa, o que é perfeito para quem gosta de escrever.
Por ser uma “blogueira”, também sou uma leitora curiosa de outros blogs. Gosto da variedade de assuntos e do enfoque particular que cada autor dá ao seu próprio blog. Há os investigativos, os confessionais; muitos são bem ousados, sem papas na língua e deles recebemos a opinião nua e crua, despida de qualquer censura. Mas, também, há aqueles que não têm nenhum comprometimento com a ética, nem com a responsabilidade básica dos meios de comunicação que é a verificação dos fatos, das fontes e o compromisso com a verdade. Esses não contam com a minha leitura.
Tenho uma seleção de blogs com endereço certo, com foco no jornalismo e na política, principalmente, que confiro todos os dias. Também acesso os de estilo e comportamento. O meu foi criado de forma totalmente despretensiosa. Aqui escrevo o que me dá vontade, sem querer que minhas postagens agradem ou desagradem alguém. 
Registrar as minhas agendas, meus pensamentos, minhas convicções, postar fotos da família, textos reflexivos, pautas que geram debate, tudo isso me complementa, não só enquanto jornalista e vereadora, mas enquanto ser humano e cidadã.








11 de janeiro de 2017

Pausa para renovação

Comecei 2017 sendo empossada como vereadora de Porto Alegre, no domingo, dia 1º de janeiro, quando também tivemos na Câmara Municipal, a cerimônia de posse do prefeito eleito Nelson Marchezan Jr. e de seu vice, Gustavo Paim. Na segunda-feira, dia 02, houve a sessão extraordinária que votou a aprovou a proposta de reforma administrativa da Prefeitura.
Foi um início de ano dos mais intensos. Mas, isso tudo ocorreu dentro do chamado recesso parlamentar de verão, previsto no Regimento Interno da Câmara, que conta de 23 de dezembro a 31 de janeiro. Portanto, neste período há um intervalo nas sessões plenárias, nas reuniões das comissões e em atividades que exijam a presença e a atuação dos vereadores. Os gabinetes seguem sua rotina, assim com os demais setores.
Dentro desta dinâmica e usufruindo dos meus direitos, vou dar uma parada para ficar junto da família, fazer uma viagem para fora do estado, colher energias e retornar renovada para o início do meu mandato na Câmara, onde darei continuidade aos meus projetos, também na condição de líder do PP - tarefa para a qual fui indicada pela bancada do meu partido.
Então, informo aos incentivadores da minha caminhada, leitores e seguidores, que nesse desacelerar do ritmo e dos compromissos, vou usar de forma mais leve e, quando possível, as redes sociais. 
Até a volta!







10 de janeiro de 2017

No Jornal Gente


Antes de ser uma vereadora, sou jornalista de formação e sempre serei. Por isso, gosto muito e costumo, na medida do possível, comparecer aos programas de rádio e TV que me convidam.
Recebi um telefonema do Roque, que é da produção do Jornal Gente da rádio Bandeirantes, me convidando para participar na manhã desta terça, como comentarista do programa, junto aos apresentadores. 
Foram duas horas ao vivo no ar, onde tratamos pautas variadas que fluíram muito bem, e de lá, acompanhamos e comentamos a coletiva do prefeito Nelson Marchezan, que anunciou mais dois secretários do município.
Através dos microfones do rádio, exercendo a Comunicação, posso, de uma outra forma, também estar próxima da população porto-alegrense, como no trabalho na Câmara de Vereadores, e isso é muito gratificante. 
Para ilustrar meu relato, fotos com os “guris” que fazem o Jornal Gente de segunda a sexta das 8 às 10 da manhã, os jornalistas André Machado e Ozíris Marins.



No estúdio





9 de janeiro de 2017

Registro político

Conhecer e falar com o Presidente do Brasil, cidadão simples e educadíssimo, foi, sem dúvida, uma novidade e tanto na minha caminhada política.


8 de janeiro de 2017

Mais registros afetivos

Com Jacqueline Mariante e Zuleica Pinto Ribeiro

Com Lila Tellechea

Com amigas da Confraria de Torres: Silvia, Mariara, Andréa, Lais, Aninha e Ana

João Pedro, eu, Fernanda, Juliana, Martha, Júlia, Martina, Marcela e Catharina
Alexandre e Martina
Alexandre e eu com Márcia Komlós e sua família. Eles vieram passar às festas de final de  ano no Brasil 






Registros afetivos

Meu dia a dia na política é bem corrido, cheio de compromissos, missões e tarefas a cumprir. Tem a família, que é grande e cheia de programações intensas, mais os amigos e colegas de trabalho, com quem divido necessárias e benéficas agendas afetivas.
Às vezes, confesso que tenho que me virar em mil para dar conta de tudo da melhor maneira possível.
Como eu não sou Mulher Maravilha, mas bem que gostaria, tento me organizar e desfrutar desses momentos, porque todos eles fazem bem para minha alma e são combustíveis de energia da minha vida.
Só que ultimamente não tenho conseguido compartilhar fotos desses eventos, reuniões e encontros que todos curtem tanto, e, assim, sinto que falho comigo, ou falto com as pessoas. 
Ângela minha irmã, um dia desses me cobrou essas fotos.
Quero, então, publicar aqui, alguns registros dos meus últimos compromissos afetivos:  


Com a Ângela e a Bela

Mulheres da família Leal comemorando o aniversário da Ângela 

Com minhas irmãs: Inês, Ângela e Cristina

Com Didi minha cunhada
Minha mãe com as cinco filhas 



Colocando a conversa em dia   

Irmãs, mãe, filha, noras e sobrinha 

Com minha mãe 

Curtindo o Felipe em seu apartamento  

Com minha sobrinha Aline






08 de janeiro - Dia do Fotógrafo

A minha homenagem a todos que nos mostram o mundo e a vida através das lentes de uma máquina fotográfica.

Crédito da foto: Pedro Foss



7 de janeiro de 2017

Tocando a alma

Bom dia de sábado, amigos do blog! Quero comentar sobre o CD que ganhei de presente "Simplesmente Roberto Carlos".  O ponto alto da trilha sonora  é o dueto que ele  faz com Jennifer Lopez. São vozes  em completa sintonia. Com um talento musical impressionante, essa dupla de cantores que tem em comum a admiração de pessoas do mundo inteiro, interpreta essa canção que fala sobre amores e desamores. Adorei escutá-los, obrigada pela lembrança que confesso, vou seguir escutando.




5 de janeiro de 2017

A recessão chegou aos shoppings

Tenho visto na imprensa diferentes matérias sobre a crise no comércio, enfocando principalmente os shopping centers. Números recentes apontam que fecham mais lojas do que abrem nesses centros de compras. Também pudera. Várias são as causas deste fenômeno. Os altos aluguéis cobrados pelos administradores dos shoppings praticamente inviabilizam a manutenção da loja pelo empreendedor lojista. Somada a recessão que estamos vivendo, parte da nossa população está recebendo seus salários de forma parcelada, impedida, assim, de consumir. Aliás, não é só neste tipo de equipamento que as lojas estão fechando. É só percorrer as ruas de Porto Alegre para constatar o grande número de lojas fechadas e para alugar.

Não posso deixar de lembrar que não bastando o aluguel recebido das lojas, todo shopping cobra o estacionamento do consumidor, o que a meu ver é um verdadeiro absurdo, posto que este serviço deveria ser gratuito, ou pelo menos, deveria ser concedida uma isenção de duas horas para o cliente. 
Pensei que o Governo Federal iria se sensibilizar com esta situação vivida pelo nosso comércio, quando recentemente divulgou novas medidas econômicas. O que vi foram medidas pífias, sem nenhum efeito prático imediato. Ninguém aguenta mais os juros praticados pelos bancos e administradoras de cartões de crédito. É um verdadeiro absurdo os juros de 480% ao ano cobrados no rotativo de cartões! Aonde vamos parar? Mas o governo anunciou que em breve serão reduzidos a menos da metade. Quem sabe a 200%?
De nada vai adiantar. O paciente está na UTI, em fase terminal. Não resolve dar um paracetamol ao doente. Tem que ser aplicado um tratamento intensivo. É o que a sociedade e os empresários estão aguardando! Urge que as autoridades governamentais adotem medidas econômicas eficientes para que ocorra o destravamento da atividade comercial e industrial, sob pena de seguirem fechando lojas e indústrias no Brasil. Ou, em breve, veremos os shoppings somente como praças de alimentação, ou pior ainda, como “elefantes brancos” vazios.





3 de janeiro de 2017

Os animais e Porto Alegre

Na sessão extraordinária realizada no dia 02 de janeiro de 2017 na Câmara, que votou e aprovou a reestruturação administrativa da Prefeitura, proposta pelo novo prefeito Nelson Marchezan Jr., tivemos a extinção da SEDA, a Secretaria Especial dos Direitos Animais, criada em 2011. 
Votei a favor da reforma como um todo, frente a um quadro agudo de necessidade de enxugamento da máquina pública. Num momento como este, para o bem e para o futuro da nossa cidade, penso que legislativo e executivo devem somar esforços.
É preciso entender que não haverá a diminuição ou o término do cuidado com a população animal abandonada e necessitada da Capital, das ações da vigilância sanitária, quanto a doenças e pragas, nem da preocupação, da responsabilidade e do compromisso da prefeitura, que sempre foram executados. A mudança se dá apenas na extinção de uma estrutura criada posteriormente. O atendimento aos animais continuará sendo feito pelos serviços de saúde pública, porém o Executivo, frente a situação financeira encontrada na prefeitura, é obrigado a otimizar custos. 
Como vereadora, me coloco à disposição da causa e registro que atuarei na fiscalização da continuidade desses serviços voltados para a saúde e o bem-estar animal em Porto Alegre.

Registro com um grande companheiro da minha família, o labrador Dimas.
Crédito: Paula Fiori







2 de janeiro de 2017

Projeto de Reestruturação Administrativa

Registros da sessão extraordinária de hoje na Câmara Municipal de Porto Alegre, convocada pelo presidente da casa, Cássio Trogildo, para a votação da reforma administrativa do município, proposta pelo novo prefeito, Nelson Marchezan Jr.
A sessão, iniciada às 14h desse primeiro dia útil de 2017, ainda está em andamento e não tem hora para acabar.







1 de janeiro de 2017

Posse dos eleitos

Hoje, dia 1º de janeiro de 2017, o plenário Otávio Rocha da Câmara Municipal de Porto Alegre esteve lotado para a cerimônia de posse dos vereadores, prefeito, vice-Prefeito e da instalação da XVII Legislatura. Foram empossados os 36 vereadores titulares e eleita a Mesa Diretora para o ano de 2017.

Com muito orgulho, compareci a este importante momento, acompanhada pelo meu marido, Alexandre Markusons, para assumir uma cadeira na Casa. 

Na sessão dos trabalhos, aberta na solenidade, foram definidas as lideranças das bancadas, quando eu fui nomeada líder do meu partido e integrante da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh). Faço um aparte aqui, lembrando que fui eu como vereadora, que incluí o nome e o tema da segurança urbana nessa comissão.



Entrevista com o jornalista André Machado

Com a jornalista Rosane de Oliveira e a Defensora Pública, Fátima Zachia Paludo

Com o alto comando militar do RS

Com Alexandre



Entregando meu diploma de vereadora eleita de Porto Alegre

Com o vereador Ricardo Gomes ( PP)
Com os vereadores Ricardo Gomes e Cássia Carpes

Com vereadores do PP e o presidente do partido em Porto Alegre

Mesa de autoridades

Pronunciamento do prefeito eleito

Com Alexandre e Nelson Marchezan

Com o vice-prefeito, Gustavo Paim

Com o Cel Cantagalo e o Cel Litvinsky

Uma panorâmica da sessão de posse

  1. Com Dom Jaime Spengler, arcebispo de POA