3 de janeiro de 2017

Os animais e Porto Alegre

Na sessão extraordinária realizada no dia 02 de janeiro de 2017 na Câmara, que votou e aprovou a reestruturação administrativa da Prefeitura, proposta pelo novo prefeito Nelson Marchezan Jr., tivemos a extinção da SEDA, a Secretaria Especial dos Direitos Animais, criada em 2011. 
Votei a favor da reforma como um todo, frente a um quadro agudo de necessidade de enxugamento da máquina pública. Num momento como este, para o bem e para o futuro da nossa cidade, penso que legislativo e executivo devem somar esforços.
É preciso entender que não haverá a diminuição ou o término do cuidado com a população animal abandonada e necessitada da Capital, das ações da vigilância sanitária, quanto a doenças e pragas, nem da preocupação, da responsabilidade e do compromisso da prefeitura, que sempre foram executados. A mudança se dá apenas na extinção de uma estrutura criada posteriormente. O atendimento aos animais continuará sendo feito pelos serviços de saúde pública, porém o Executivo, frente a situação financeira encontrada na prefeitura, é obrigado a otimizar custos. 
Como vereadora, me coloco à disposição da causa e registro que atuarei na fiscalização da continuidade desses serviços voltados para a saúde e o bem-estar animal em Porto Alegre.

Registro com um grande companheiro da minha família, o labrador Dimas.
Crédito: Paula Fiori







Nenhum comentário:

Postar um comentário