14 de abril de 2017

Macela e minha infância

Na manhã das Sextas-Feiras Santas, meus pais nos levavam para colher a florzinha de macela. Eles acreditavam que elas tinham propriedades curativas especiais, então, era importante ter o chá de macela em casa. Era uma festa esse dia, pois íamos para a estrada de Viamão e lá passávamos horas nessa empreitada gostosa. Meu pai tinha uma kombi cinza e branca, totalmente remodelada na parte interna para levar os sete filhos.Os bancos, em vez de um atrás do outro como o normal, ladeavam a lataria do carro ficando um espaço no meio com uma mesa para jogarmos cartas, damas ou memória.Tinha também uma pia com armário no canto e não havia porta malas,todas as bagagens eram amarradas em cima do carro. Mais parecia um ônibus, que transportava aquela prole numerosa.








Nenhum comentário:

Postar um comentário